Artigos de Opinião

José Agostinho: “Acessibilidade é crucial nas Smart Cities”

José Agostinho, TOMI WORLD CEO

Desde que criámos o TOMI até hoje, estivemos sempre à procura de desenvolver soluções que beneficiassem as pessoas. A nossa prioridade é desenvolver esta solução de smart cities como uma inovação que conseguisse ajudar a transformar cidades e a melhorar a vida dos cidadãos e turistas.

Por esta razão é que abraçamos o desafio de criar uma forma inovadora de promover a acessibilidade através do TOMI com muita ambição. O nosso compromisso era levar todos os benefícios e recursos do TOMI a todos os cidadãos, independentemente das suas condições físicas ou cognitivas.

Com o conceito “Design For All” em mente, começámos a visualizar uma plataforma mais acessível a todos os utilizadores, tornando a experiência mais autónoma para quem utiliza o TOMI. De facto, não ser capaz de aceder a informações ou serviços como qualquer outra pessoa, é um problema diário para milhares de pessoas com deficiência.

O TOMI está agora a ligar mais as pessoas à cidade, desenvolvendo lugares mais acessíveis com a disponibilização de informação, notícias, agenda, meios de transporte, serviços inteligentes e muito mais, dando a todos a mesma oportunidade para interagir.

Os nossos esforços na evolução do TOMI para um produto ainda mais abrangente para pessoas com deficiência mostraram que é fundamental ouvir, aprender e colaborar lado a lado com os nossos utilizadores. Eles partilham a sua história connosco, o que eles esperam do TOMI e como podemos melhorar: é uma experiência muito enriquecedora.

Fizemos vários testes com diferentes associações e pessoas para aperfeiçoar as nossas soluções, a fim de disponibilizar interação à sua medida e todos os dias percebemos que este passo não era só importante, como também era essencial.

As cidades inteligentes precisam de desenvolver sinergias para serem mais inclusivas para a comunidade, pensando na sociedade como um todo: todos merecem as mesmas oportunidades.

Na verdade, este é um tópico que se tornará cada vez mais importante ao longo dos anos, porque a população está a envelhecer rapidamente e a esperança média de vida a aumentar. E o envelhecimento da sociedade resulta num nível mais alto de problemas de saúde ou deficiências, tornando-se fundamental permitir a independência, garantir mais autonomia para as pessoas com deficiência e tomar medidas para promover a equidade nas cidades. A acessibilidade é crucial nas smart cities.

Acreditamos que o caminho para a verdadeira acessibilidade nas cidades deve também incluir informações e serviços atualizados e disponíveis para todos, de forma adaptada às suas necessidades.

A acessibilidade em soluções urbanas não é apenas possível, é indispensável. Continuamos a investigar, a desenvolver e a implementar novas formas de promover a inclusão. Este é mais um passo para uma cidade mais conectada.


Related posts

This website uses cookies to improve your experience. Aceitar Ler mais

X