Saúde

Bosch desenvolve testes rápidos para COVID-19

Testes fiáveis para diagnóstico diferenciado em 2,5 horas

„  Volkmar Denner, CEO da Bosch: “O teste rápido COVID-19 da Bosch ajudará a conter a propagação da pandemia e quebrará a cadeia de transmissão mais rapidamente”.

„  A Bosch está a ajudar instalações médicas como consultórios, hospitais, laboratórios e centros de saúde com seu novo teste rápido COVID-19.

„  O teste rápido pode diagnosticar dez patógenos respiratórios simultaneamente para diagnóstico diferencial e atende aos requisitos da Organização Mundial da Saúde (OMS).

„  A Bosch Healthcare Solutions, juntamente com a Randox Laboratories Ltd., desenvolveu um dos primeiros testes de diagnóstico molecular totalmente automatizados do mundo.

O coronavírus SARS-CoV-2 está a colocar grandes desafios para os sistemas de saúde e instituições médicas de todo o mundo. A capacidade de diagnosticar rapidamente o vírus é de inestimável importância para conter a sua disseminação exponencial em muitos países. O novo teste rápido e totalmente automatizado da Bosch, para COVID-19, pode ajudar instalações médicas, como consultórios médicos, hospitais, laboratórios e centros de saúde, a fazer diagnósticos rápidos. O teste de diagnóstico molecular rápido é executado no dispositivo de análise Vivalytic da Bosch Healthcare Solutions. “Queremos que o teste rápido da Bosch, para deteção do COVID-19, faça parte da contenção da pandemia de coronavírus o mais rapidamente possível, contribuindo assim para acelerar a identificação e o isolamento de pacientes infetados”, afirma Volkmar Denner, presidente do conselho de administração da Robert Bosch GmbH.

Certeza rápida, desacelera proliferação

Desenvolvido em apenas seis semanas, o teste rápido pode detetar uma infeção por coronavírus SARS-CoV-2 em pacientes, em menos de duas horas e meia – tempo medido a partir do momento em que a amostra é coletada, até o momento em que o resultado chega. Outra vantagem do teste rápido é que pode ser realizado diretamente no ponto de atendimento. Isto elimina a necessidade de transportar amostras e por conseguinte poupança de tempo. Além disso, significa também que os pacientes têm acesso rápido a um diagnóstico do seu estado de saúde, permitindo que indivíduos infetados sejam identificados e isolados imediatamente. Com os testes atualmente em uso, os pacientes geralmente precisam esperar um a dois dias para obter o resultado. “O tempo é essencial na luta contra o coronavírus. Diagnóstico rápido e fiável, diretamente no local, sem alternância – essa é a grande vantagem desta solução, que vemos como outro exemplo de tecnologia que é ‘para a vida”, conclui Denner.

Diagnóstico diferenciado: diagnóstico de dez patologias diferentes em simultâneo

O teste rápido da Bosch é um dos primeiros testes de diagnóstico molecular totalmente automatizados do mundo, que podem ser usados diretamente por todas as instituições médicas. Além disso, permite que uma única amostra seja testada não apenas para o COVID-19, mas também para nove outras doenças respiratórias, incluindo Gripe A e B, simultaneamente. “A característica especial do teste da Bosch é que ele oferece um diagnóstico diferenciado, o que economiza aos médicos o tempo necessário para novos testes. Fornece igualmente um diagnóstico fiável e rápido, para que possam iniciar o tratamento adequado de imediato”, afirma Marc Meier, presidente da Bosch Healthcare Solutions GmbH. O teste recém-desenvolvido estará disponível na Alemanha a partir de abril, seguindo-se outros mercados na Europa e em outros países do mundo, logo após o seu lançamento em território germânico.

Fácil aplicação no posto de atendimento

Em vários testes de laboratório com SARS-CoV-2, o teste da Bosch apresentou resultados com uma precisão de mais de 95%. O teste rápido atende aos padrões de qualidade da Organização Mundial da Saúde (OMS). Uma amostra é retirada do nariz ou da garganta do paciente usando um cotonete. Em seguida, o cartucho, que já contém todos os reagentes necessários para o teste, é inserido no dispositivo Vivalytic para análise. Durante essa análise, a equipa médica pode dedicar-se a outras tarefas, por exemplo, tratar pacientes. O analisador Vivalytic foi projetado para ser tão fácil de usar que até mesmo o pessoal médico sem treino específico, pode realizar o teste com segurança. Um analisador Bosch Vivalytic pode executar até dez testes no espaço de 24 horas. Isso significa que são necessários apenas 100 dispositivos para realizar até 1.000 testes por dia. Dada a propagação dinâmica do coronavírus SARS-CoV-2, os laboratórios já estão a trabalhar além da capacidade. Neste sentido, o Bosch Vivalytic ajudará a aumentar a capacidade para a realização deste teste.


Texto da responsabilidade da empresa.

Fonte: Taylor

Related posts

This website uses cookies to improve your experience. Aceitar Ler mais

X